Fórum Adventista
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Fórum Adventista

Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é suprimi-la !
 
InícioInício  ProcurarProcurar  RegistarRegistar  EntrarEntrar  

 

 O Sábado livre das tradições

Ir para baixo 
AutorMensagem
Ronaldo
Administrador
Administrador



Mensagens : 261
Data de inscrição : 13/04/2008

O Sábado livre das tradições Empty
MensagemAssunto: O Sábado livre das tradições   O Sábado livre das tradições Empty30/12/2008, 12:05 am

O Sábado livre das tradições

Idolatria, ritualismo e outros erros semelhantes são deturpações onde "tomou-se a forma e esqueceu-se a função". O caso clássico deste problema de não agrupar bem o binômio "forma-função" é o modo como a tradição judaica encarava o sábado. O sábado deveria servir para descanso e meditação, mas acabou sendo transformado em um pesadelo de regulamentos e listas "pode e não-pode". O judaísmo do tempo de Jesus estava cheio de usos errados das formas-funções estabelecidas no Velho Testamento.

Jesus corrigiu este problema ensinando: "O sábado foi estabelecido por causa do homem, e não o homem por causa do sábado" (Marcos 2.27). Este aforismo acaba com os conceitos errados sobre a função do sábado.

Como era o costume de Jesus ao ensinar, ele volta à raiz da instituição para poder compreendê-la melhor. O Senhor faz referência à criação e pede que observemos a intenção do Criador ao estabelecer a instituição do repouso sabático.

O próprio Cristo, por exemplo, disse que no periodo do Antigo Testamento certas violações eram toleradas pelo próprio Deus:

"Ele, porém, lhes disse: Não tendes lido o que fez Davi, quando teve fome, ele e os que com ele estavam? Como entrou na casa de Deus, e comeu os pães da proposição, que não lhe era lícito comer, nem aos que com ele estavam, mas só aos sacerdotes? Ou não tendes lido na lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado, e ficam sem culpa?" (MT 12:3-5)

Mesmo com essas exceções o sábado continuava sendo um mandamento válido. Na época de Neemias haviam alguns que trabalhavam em áreas necessárias, veja:

"Em conseqüência, logo que as portas de Jerusalém foram cobertas pela sombra, antes do sábado, mandei que se fechassem as portas... Também disse aos levitas que se purificassem, e viessem guardar as portas, para santificar o sábado." (Neemias 13:19 e 22)

Mesmo com essas exceções o sábado continuava sendo um mandamento válido:

"Logo, é lícito, nos sábados, fazer o bem." (Mat. 12:8-12).

Em palavras de iniludível significado, o profeta apresenta a obra específica deste mandamento:

"Se desviares o teu pé do sábado, e de fazer a tua vontade no Meu santo dia, e se chamares ao sábado deleitoso, e santo dia do Senhor, digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, nem pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falar as tuas próprias palavras, então te deleitarás no Senhor, e te farei cavalgar sobre as alturas da Terra, e te sustentarei com a herança do teu pai Jacó; porque a boca do Senhor o disse." Isa. 58:13 e 14.

Então, devemos fazer o bem sem que a nossa vontade egocentrica esteja a frente, o bem a ser feito deve ser altruista, deve ser direcionado ao próximo.
Ir para o topo Ir para baixo
 
O Sábado livre das tradições
Ir para o topo 
Página 1 de 1
 Tópicos semelhantes
-

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
Fórum Adventista :: Teologia :: Acervo Teológico Adventista :: Textos-
Ir para: