Fórum Adventista

Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é suprimi-la !
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Nomos como tradução de Torá

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Ronaldo
Administrador
Administrador


Mensagens : 261
Data de inscrição : 13/04/2008

MensagemAssunto: Nomos como tradução de Torá   30/11/2008, 5:52 pm

No século II a.C., Ptolomeu II Filadelfo (283-246 a.C.) desejava ter, na grande biblioteca que fundara em Alexandria, uma versão do hebraico para o grego dos livros sagrados dos judeus. A seu pedido, 72 homens, seis de cada uma das 12 tribos, foram enviados a Jerusalém para fazer a tradução (LXX), que foi realizada para a grande comunidade judaica daquela cidade. A partir dessa época, foi introduzido o termo grego nomos (lei), para trasladar tôrah, significando a lei como tal, o pentateuco, o Antigo Testamento completo, o decálogo ou uma lei particular do pentateuco. Iniquidade é a tradução portuguesa de anomia = a + nomos. Dessa forma o verso abaixo também usa o termo anomia:

"Pecado é a transgressão da Lei." (I João 3:4).

Está traduzido de maneira correta.

A TMN traduz Mateus 7:23 de maneira correta:

"Contudo, eu lhes confessarei então: Nunca vos conheci! Afastai-vos de mim, vós obreiros do que é contra a lei. "

Mateus 5:17, lá encontramos um clássico verso que fala da torah:

"Não penseis que vim revogar a Lei ou
os Profetas; não vim para revogar, vim
para cumprir."

Nesse verso, o termo Lei, em destaque, é a tradução de nomos que foi usado para traduzir o termo hebraico Torah, isso fica evidente pela construção 'lei e profetas' que sempre era usada para referir a Torá, a exemplo de (I João 3:4).

"Pecado é a transgressão da Lei."

E Mateus 7:23:

"Apartai-vos de mim, transgressores da lei."

Todos esses versos relacionam usam nomos como tradução grega do termo Torah. Agora ouçamos a voz de um verdadeiro especialista, o judeu Leonardus van Rooijen, sobre o caso:

"Os judeus de fala grega traduziam a palavra TORA por
NOMOS. Da Setenta e do Judaísmo alexandrino-helenista
o assim chamado NT assumiu essa linguagem."

http://www.jcrelations.net/pt/?item=2165

Um interessante comentário sobre Lc 10, 25-37 pode esclarecer essa afirmação:

"O evangelho pode ser dividido em duas partes diferentes: 1o A pergunta do nomikós [advogado, ou intérprete da lei] sobre a obtenção da vida eterna. 2o A resposta de Jesus sobre quem deve ser considerado o nosso próximo. Vamos estudar cada um dos dois pontos extremamente interessantes. A perícope é narrada também pelos outros dois sinóticos, Mt 22, 34-40 e Mc 12, 28-31. Segundo Marcos e Mateus, mais próximos da cultura semítica, parece que Jesus estava ensinando. Daí o levantou-se (23) e o título de Didáskale (magister ou mestre). Pelas circunstâncias narradas pelos outros dois evangelistas, sabemos que estamos em momentos de discussão e que os primeiros a brandir uma lança foram os saduceus, que tiveram que se retirar emudecidos (Mt 12, 28); e foi então que os fariseus entraram na lide com a pergunta, também capciosa, do nosso jurista. A palavra Nomikós significa um jurista ou jurisconsulto, perito em dar solução a problemas sobre a lei [nomos]. Como a lei jurídica dos judeus era a Torá, daí que o nosso jurista era um perito na lei mosaica. Segundo os outros dois evangelistas o jurista pergunta qual ´e o primeiro (Mc) mandamento, ou grande(Mt) no sentido de superlativo que o hebraico não tem. Era a disputa de sempre entre as diversas escolas que deviam escolher dentre os mandatos maiores, qual deles era o mais importante. Para Lucas o problema era de justificação, como diz Paulo, e por isso a pergunta é diferente: Que devo fazer para herdar a vida eterna? Vamos fazer uma distinção: Nomos era a tradução de Tora, a Lei de Moisés, que tinha 613 mandatos ou entolai dos quais 248 eram positivos e 365 negativos."

http://www.presbiteros.com.br/exegese/XV%20DOMINGO%20DO%20TEMPO%20COMUM.htm

Cristo falava em Aramaico e não em Grego, dessa forma 'nomos' foi usada no contexto hebreu quando foi usado para traduzir Lei. A mudança do nome de Simão é significativa. Porém, ainda mais importante é aquilo que foi mudado. Um judeu perceberia imediatamente o que a maioria dos leitores [ocidentais] não consegue notar. O nome “Pedro” é a versão portuguesa da palavra grega que significa “pedra”. Jesus falava aramaico e a palavra empregada para atribuir o novo nome a Simão foi a palavra aramaica “kefa”, que também significa “pedra”. É por isso que Simão é chamado de “Cefas” em certas passagens do Novo Testamento (p.ex. João 1,42; 1Coríntios 15,5; Gálatas 1,18). Veja também as ultimas palavras de Cristo:

"E, à hora nona, bradou Jesus em alta voz: Eloí, Eloí, lamá, sabactani? que, traduzido, é: Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?" (Marcos 15.34)

Jesus estava falando em aramaico na crucificação. A lingua que ele usou foi o Aramaico e não usou o grego quando disse essas palavras. Todo o novo testamento reproduzem as palavras de Cristo e ele falava em aramaico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ronaldo
Administrador
Administrador


Mensagens : 261
Data de inscrição : 13/04/2008

MensagemAssunto: Re: Nomos como tradução de Torá   4/6/2009, 3:24 pm

O "Espírito" da Samaritana se Repete...
Autor: Prof. Gilson Medeiros

Um dia desses recebi um e-mail de alguém que parece gostar de usar a tática da mulher samaritana - desviar a atenção com o uso de questões teológicas secundárias (o famoso "teologuês").


A pessoa tentava dar um ar "místico" ao termo grego RHEMA, como se a utilização e compreensão desta palavra fosse o supra-sumo da revelação bíblica. Existem até algumas igrejas e institutos que supervalorizam a exegese deste termo, como pode ser verificado em uma pesquisa rápida na Internet.


Ao ler o comentário, fiquei imaginando um outro termo grego que também é muito desconhecido e ignorado por boa parte dos cristãos em geral. A diferença é que esta palavra está intimamente ligada à salvação, sendo, portanto, de importância primária.


Sem querer ser incoerente no uso do "teologuês" (rsrs), vou fazer alguns breves comentários sobre esta palavra grega, uma vez que sua compreensão tem tudo a ver com a mensagem da Igreja Adventista do 7º Dia, a qual prima pela profundidade e veracidade do estudo da Palavra de Deus.


ANOMIA


Este termo é a junção de duas outras palavras:
A = anti, contrário
NOMOS = lei, mandamento


Portanto, ANOMIA significa "contrário à Lei", "rebelde à lei", "inimigo do Mandamento", etc.


Esta palavra, ou suas variantes, ocorre 26 vezes no Novo Testamento:
Rom. 6:19
2Cor. 6:14
1Jo. 3:4
Rom. 4:7
Mat. 7:23
Mat. 13:41
Mat. 24:12
Rom. 6:19
Heb. 1:9
Mat. 23:28
2Tess. 2:3
2Tess. 2:7
Tit. 2:14
Heb. 10:17
1Cor. 9:21
1Tim. 1:9
2Ped. 2:8
1Cor. 9:21
2Tess. 2:8
1Cor. 9:21
Luc. 22:37
Atos 2:23
Rom. 2:12


Observe que, na maioria, o termo foi traduzido por: "iniquidade", "pecado", "transgressão da lei", "sem lei", etc.


De todos os versos, alguns chamam a atenção:


"Todo aquele que pratica o pecado também transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei (ANOMIA)" (1Jo 3:4).


Para João, pecamos quando "transgredimos a Lei".


"Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de Mim, os que praticais a iniquidade (ANOMIA)" (Mat. 7:23).


Para Jesus, aqueles que mais O desgostam são os que quebram a Sua Lei. Nesta passagem (Mat. 7:21-23) o Senhor também chama a atenção para os que invocam Seu nome na cura de doenças, exorcismos, maravilhas, etc., mas que não O obedecem. Ao final Ele declara explicitamente o motivo de não "conhecer" estas pessoas, e apartá-las de Si: elas quebram Sua Lei.


Conclusão


O estudo sincero e despreconceituoso da Bíblia fará com que o estudante veja que a transgressão da Lei de Deus, de TODOS OS MANDAMENTOS (cf. Sal. 119:151), é uma abominação a Deus.
Por isso, tais pessoas deveriam parar de tentar desviar a direção da reprovação divina, com o uso de artifícios filosófico-teológicos (como fez a Samaritana), mas humildemente aceitarem a reprovação e mudarem seu iníquo procedimento.


Com toda certeza isso passa pela aceitação da Lei de Deus como ainda em vigor e, especialmente (uma vez que é o mais rejeitado) da santificação do Dia que o Senhor escolheu - o sétimo.


Podem esbravejar, gritar, filosofar como for... mas a Verdade nunca muda.
No final, assim como a Samaritana, todos terão que reconhecer que só o Senhor é Deus, e que somente andando sob Sua divina guia é que poderemos estar seguros de nossa fé e salvação.


"Aqui está a perseverança dos santos, os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus" (Apoc. 14:12).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
docdeoz
Global Moderador
Global Moderador


Mensagens : 9
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Nomos como tradução de Torá   11/1/2011, 4:46 am

Vamos usar a King James Concordance do e-Sword...
G458
ἀνομία
anomia
Total KJV Occurrences: 17
iniquity, 9
Mat_7:23, Mat_13:41, Mat_23:28, Mat_24:12, Rom_6:19 (2), 2Th_2:7, Tit_2:14, Heb_1:9
iniquities, 3
Rom_4:7, Heb_8:12, Heb_10:17
law, 2
1Jo_3:4 (2)
transgresseth, 1
1Jo_3:4
transgression, 1
1Jo_3:4
unrighteousness, 1
2Co_6:14


G459
ἄνομος
anomos
Total KJV Occurrences: 14
law, 4
1Co_9:21 (4)
without, 4
1Co_9:21 (4)
transgressors, 2
Mar_15:28, Luk_22:37
wicked, 2
Act_2:23, 2Th_2:8
lawless, 1
1Ti_1:9
unlawful, 1
2Pe_2:8
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
docdeoz
Global Moderador
Global Moderador


Mensagens : 9
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Nomos como tradução de Torá   11/1/2011, 4:47 am

2Th 2:8 então, será, de fato, revelado o iníquo, a quem o Senhor Jesus matará com o sopro de sua boca e o destruirá pela manifestação de sua vinda.


Iníquo aqui é anomos=anti-Torah...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Nomos como tradução de Torá   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Nomos como tradução de Torá
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Porque a King James é a melhor tradução bíblica?
» falso arrebatamento?? como?
» Como o ateu vê como foi a formaçao de todas as coisas?
» Como construir uma máquina do tempo
» Foraça como surgiu

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Adventista :: Teologia :: Acervo Teológico Adventista :: Textos-
Ir para: